A dona Dilma lutou e luta pela ditadura comunista




Eleições UOL - A presidente Dilma Rousseff (PT) respondeu à crítica do senador Aécio Neves (PSDB-MG) sobre ser uma "estrangeira" na eleição em Belo Horizonte, durante comício do candidato do PT à prefeitura da cidade, Patrus Ananias, na região do Barreiro. "Nasci aqui no hospital São Lucas. Saí daqui para lutar contra a ditadura e não para ir à praia", afirmou.m


Ela afirmou que começou sua militância política, em 1968, em Belo Horizonte. "Aqui aprendi que mineiro tem a capacidade de lutar pelo país", afirmou para cerca de 3.000 pessoas, conforme a organização do evento.
Nomeação de Marta
"A Marta [Suplicy] será a melhor ministra da Cultura que esse país já teve", afirmou.agCendaC corrida pela Prefeitura de Bel



4 comentários:

Anônimo disse...

Que coisa horrorosa é uma chefe de estado se prestar a um papel desse.

Luiz Roberto disse...

Lutou tanto que matou gente inocente essa assassina. Quando dorme deve sonhar com bicho por isso que tem essa cara

AS FÁBULAS DE ESOPO disse...

Na verdade a Dona Dilma não é uma democrata. Ela lutou bravamente para implantar no Brasil um sistema ditatorial comunista nos moldes de Cuba. Ela e seus "companheiros" foram impedidos pelas nossas bravas forças armadas. Hoje ela se apresenta como defensora da democracia, mas quem conhece a verdadeiro história não se engana.
Nicéas Romeo Zanchett

Anônimo disse...

Quero ver sair da boca dessa FDP. Não que lutou contra a ditadura, isso muitas pessoas de bem fizeram sem dar um tiro ou detonar uma bomba. Quero ouvir da boca dela (sem juntar as duas palavras, por favor) a que sistema de governo ela era favoravel. Os militares de 64 não fizeram um serviço bem feito. Faltou exterminar alguns comunas que hoje estão ai fazendo "muita coisa" com o dinheiro dos outros. Mas o dinheiros DOS OUTROS vai acabar e ai, ADEUS COMUNISMO que querem implantar no Brasil sorrateiramente.