Jornalista dinamarquês relata cenas de terror do Brasil na imprensa de seu país


 em Fortaleza | 16/04/2014 - 19:46
jornalista dinamarquês que fugiu do Brasil ao se deparar com o clima de guerra urbana em Fortaleza vem abordando o cenário de horror nos últimos meses em seu país de origem. Mikkel Keldorf Jensen assinou reportagens com o relato do que viu em TVs, rádios e sites da Dinamarca.
As matérias falam sobre a segurança no Rio de Janeiro, mais precisamente no Complexo da Maré. Em outra, relata que, emFortaleza, há um suposto esquema de limpeza social, eliminando crianças de rua visando a Copa do Mundo.
O caso foi exposto em primeira mão peloTribuna do Ceará, que publicou artigo de Mikkel contando seu drama, na última terça-feira (15). O texto foi publicado sob a condição de que ele já estivesse na Dinamarca.
obre Fortaleza
Mikkel mantém um blog sobre sua passagem pelo Brasil. Nele há matérias referentes a Fortaleza, que contam a história de dois meninos e uma visita à comunidade Pequeno Nazareno, localizada em Maranguape, na Região Metropolitana.
O jornalista entrevistou crianças e responsáveis pela entidade. Ao final, fez um vídeo narrado por ele mesmo, com entrevistas em português, mas legenda em dinamarquês.
Mikkel é jornalista cinematográfico independente da Dinamarca. Trabalhou três anos na TV2, maior estação de televisão do país. Veio ao Brasil em 2012, para estudar português e documentário na PUC do Rio de Janeiro. Foi correspondente em Shanghai, na China, no começo de 2013. Em setembro do ano passado, veio ao Brasil novamente, para fazer documentários sobre as preparações da Copa do Mundo.
Ele tinha o sonho de cobrir o torneio no país cujo futebol admira. O desejo foi abandonado por um sentimento mais forte. O do valor à vida, que ele viu sob risco no país em que uma das sedes da Copa do Mundo é a 7ª cidade mais violenta do mundo, com 4.462 homicídios em 2013. Aqui

Continue lendo aqui>>>…

Salvador registra saques em supermercados : A BAHIA DO PT VIROU VENEZUELA


O supermercado da Cesta do Povo do Vale do Ogunjá, em Salvador, foi saqueado na madrugada desta quarta-feira (16). Segundo testemunhas, até os carrinhos de compras foram roubados.
A Polícia Militar na Bahia decretou grevepor tempo indeterminado na noite de terça-feira (15), enquanto que a Polícia Civil realiza uma paralisação de 24h nesta quarta-feira. Segundo o Sindicato dos Rodoviários, por falta de segurança, alguns ônibus foram recolhidos nesta quarta. A situação também afetou aulas e o atendimento em estabelecimentos da capital baiana.
Segurança
Na sede da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o comandante geral da Polícia Militar do Estado, coronel Alfredo Castro, afirmou que recebeu a decisão da assembleia com "surpresa". "Todo caminho levava ao diálogo. Propostas foram apresentadas, tudo conduzindo para não acontecer", afirmou, referindo-se à reunião que foi realizada na tarde de terça-feira...Leia mais G1
*******

Continue lendo aqui>>>…

Jornalista dinamarquês se decepciona com Fortaleza e desiste de cobrir Copa. Tendo a missão de cobrir a Copa do Mundo, o jornalista desistiu e voltou para a Dinamarca ao ter contato com os problemas sociais do Brasil, especialmente de Fortaleza



Quase dois anos e meio atrás eu estava sonhando em cobrir a Copa do Mundo no Brasil. O melhor esporte do mundo em um país maravilhoso. Eu fiz um plano e vim estudar no Brasil. Aprendi português e estava preparado para voltar.
Voltei em setembro de 2013. O sonho seria cumprido. Mas hoje, dois meses antes da festa da Copa, decidi que não vou continuar aqui. O sonho se transformou em pesadelo.
Durante cinco meses fiquei documentando as consequências da Copa. Existem várias: remoções, Forças Armadas e PMs nas comunidades, corrupção, projetos sociais fechando. Descobri que todos os projetos e mudanças têm como objetivo pessoas como eu – um gringo e também uma parte da imprensa internacional. Eu sou um cara usado para impressionar.
Em março, estive em Fortaleza para conhecer a cidade mais violenta a receber um jogo de Copa do Mundo até hoje. Falei com algumas pessoas que me colocaram em contato com crianças da rua e fiquei sabendo que algumas estão desaparecidas. Muitas vezes, são mortas quando estão dormindo à noite em áreas com muitos turistas. Por quê? Para deixar a cidade limpa para os gringos e a imprensa internacional? Por causa de mim?
Em Fortaleza eu encontrei Allison, 13 anos, que vive nas ruas. Um cara com uma vida muito difícil. Ele não tinha nada – só um pacote de amendoins. Quando nos encontramos ele me ofereceu tudo o que tinha, ou seja, os amendoins. Esse cara, que não tem nada, ofereceu a única coisa de valor que tinha para um gringo que carregava equipamentos de filmagem no valor de R$ 10.000 e tinha um MasterCard no bolso. Inacreditável.
Mas a vida dele está em perigo por causa de pessoas como eu. Ele corre o risco de se tornar a próxima vítima da limpeza que acontece em Fortaleza.
Eu não posso cobrir esse evento depois de saber que o preço da Copa não só é o mais alto da história em reais e centavos – também é um preço que, estou convencido disso, inclui vidas de crianças.
Hoje, vou para a Dinamarca e não voltarei para o Brasil. Minha presença só está contribuindo para um desagradável show. Um show de que eu, dois anos e meio atrás, sonhava participar. Mas hoje eu vou fazer tudo que estiver ao meu alcance para criticar e focar no preço real da Copa do Mundo do Brasil.
Alguém quer dois ingressos para o jogo entre França e Equador no dia 25 de Junho?
O dinamarquês Mikkel Jensen é jornalista independente
O Tribuna do Ceará entrou em contato com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) para comentar acerca da possível “matança” comentada pelo jornalista dinamarquês, mas até a publicação desta matéria não foi enviada a resposta.
(*) A pedido de Mikkel, este artigo foi publicado com o jornalista já na Dinamarca. Aqui

Continue lendo aqui>>>…

ASSISTAM!! Ex-sócio da Petrobras em refinaria denuncia novo ESCÂNDALO com APROVAÇÃO de DILMA


***** Ex-sócio da Petrobras em petroquímica denuncia novo ESCÂNDALO com aprovação de Dilma Rousseff *****
O governo do PT expropriou do empresário Boris Gorentzvaig, fundador da Petroquímica Triunfo, uma gigantesca planta industrial localizada no interior gaúcho que produz matéria-prima para a produção de plásticos. A Petrobras detinha 85% do capital da Triunfo. Os outros 15% estavam nas mãos da família, cujo patriarca, Boris (falecido em 2012), foi o pioneiro na implantação do Polo Petroquímico do Sul, no fim da década de 70. Logo que a Triunfo começou a operar, nos anos 80, a Petrobras e os Gorentzvaig se desentenderam. Desde então, entraram em litígio judicial para saber quem deveria comandar a Triunfo. Para encerrar o litígio, o juiz Mauro Gonçalves, responsável pela causa, propôs que a estatal vendesse sua parte aos Gorentzvaig por 250 milhões de reais.
A Petrobras topou sair do negócio, mas cobrou um valor maior por sua participação: 355 milhões de reais. Os Gorentzvaig concordaram com o novo preço. Entretanto, logo depois, a Petrobras desistiu do acordo alegando que já havia passado muito tempo desde que a empresa fizera a contraproposta e "razões estratégicas" impediam a conclusão do negócio. A empresa também reclamou do pedido de due diligence (investigação contábil, jurídica e econômica) feita antes do fechamento de grandes negócios. Para ela, a due diligence iria "embolar o meio de campo".
Meses depois, a Petrobras decidiu repassar a Triunfo para outra empresa, a Braskem (controlada pela Odebrecht, a mesma empresa envolvida em diversos negócios escusos com o governo PT, como o Porto de Mariel em Cuba), da qual é sócia minoritária, por 118 milhões de reais pagos em ações. Preferiu, portanto, receber *118 milhões de reais em ações por 100% da Triunfo* aos *355 milhões de reais em dinheiro por 85% da mesma empresa que seriam pagos pelos Gorentzvaig*. Os Gorentzvaig, minoritários na petroquímica, foram obrigados a sair do negócio e aceitar ações da Braskem em troca de sua participação. "Entregaram a Triunfo para a Braskem".
A Braskem-Odebrecht já era dona do polo petroquímico da Bahia e da refinaria paulista de Paulínia, e assim monopolizou o setor petroquímico do país. Dilma Rousseff era a Presidente do Conselho de Administração da Petrobras.

Continue lendo aqui>>>…

Amostra clássica da manipulação midiática. Gabriela tenta intimidar Amado Batista.


O programa da Gabi é uma amostra típica da manipulação dos orgãos de imprensa brasileiros em relação ao passado recente do Brasil. 
"Amado, hoje em épocas de Comissão da Verdade você não tem vontade de ir atrás desses caras? " Perguntou Gabi.
"Sinceramente não... Eu acho que eu tava fazendo uma coisa errada também... , ... Nós podiamos ter virado uma Cuba... Eu estava acobertando pessoas que queriam tomar esse país a força."
Gabriela se estressa e grita... "Você Tá LOUCO AMADO???".

Continue lendo aqui>>>…

Reparem os olhares dos demais oficiais do BEM: MAR DE LAMA




Ontem, o jornal O Dia do Rio de Janeiro, publicou uma extensa reportagem sobre denúncia que o MPF está apurando contra o Comandante da Marinha, Júlio Soares de Moura Neto (foto), por improbidade administrativa. 

Num inquérito civil público aberto há um ano e que estava guardado a sete chaves, o comandante da Marinha do Brasil, almirante Julio Soares de Moura Neto, é alvo de investigação da Procuradoria da República no Distrito Federal por improbidade administrativa. O Ministério Público Federal apura três denúncias feitas por um advogado, cujo nome está sendo mantido em sigilo. A principal delas, segundo o documento, é a aquisição de imóvel de luxo na Avenida Atlântica, no Leme, “que seria incompatível com sua renda e que estaria vinculada, de forma ilícita, à compra de submarinos franceses pelo Brasil”.

Na quinta-feira, o inquérito foi redistribuído e agora está nas mãos do procurador da República Anselmo Henrique Lopes, do Núcleo de Combate à Corrupção. O prazo de apuração se expira no próximo mês, mas pode ser prorrogado até maio do ano que vem.

As viagens para o exterior feitas pelo comandante da Marinha, ‘em tese, desnecessárias e em número excessivo’ —, também serão apuradas. Só em 2012 foram 64 dias fora do país. A última investigação é sobre a nomeação de um capitão-de-mar-e-guerra, que seria primo de sua mulher, para servir na Organização Marítima Internacional (IMO), sediada em Londres. Esse mesmo oficial deixou de ser promovido algumas vezes porque a Comissão de Promoção de Oficiais (CPO) o considerara inabilitado para comandar navios ou organizações militares, segundo fontes da Marinha. BLOG do Coronelhttp://coturnonoturno.blogspot.com/2014/04/mar-de-lama.html

Continue lendo aqui>>>…

Escândalo! Denúncia! Pesquisa do Ibope coloca Dilma Rousseff no segundo turno. Automaticamente,sem perguntar ao eleitor.

 

Ibope está em campo com uma pesquisa para medir o interesse do eleitor e as intenções de voto nas eleições presidenciais de 2014. O Ibope, na pergunta 9, conforme print acima, manipula os resultados, pois coloca Dilma Rousseff automaticamente no segundo turno. Clique aqui para ver o questionário. Inexiste qualquer alternativa de segundo turno sem que o nome de Dilma esteja presente. Não há a alternativa Aécio Neves e Eduardo Campos. Ou Aécio Neves e Marina Silva.É caso de anulação imediata do levantamento. Além da flagrante manipulação, também existe a má fé. O Ibope marcou o seu campo para o período entre 10 de abril a 17 de abril. Ou seja: a pesquisa será encerrada justamente no dia em que o programa do PSDB entrará no ar. 

Não esquecer que, em novembro passado, o Ibope fechou um contrato com o Governo Federal de R$ 4,6 milhões, para a realização de pesquisas quantitativas. A pesquisa que está na rua é paga pelo próprio Ibope. O mesmo Ibope que recebe do Governo Federal para fazer pesquisas idênticas a esta. Olhando a pergunta 9 do questionário, faz todo sentido dizer que, no fundo, quem está pagando este levantamento é a Dilma.

Continue lendo aqui>>>…

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO