“Jesus liberta da cachaça”

Na quarta-feira, em um encontro com sindicalistas, Lula ironizou os pastores evangélicos dizendo que, para eles, se “você está desempregado, é o diabo, está doente é o diabo”. Silas Malafaia, como já era de se esperar, nem esperou muito para rebater as críticas do ex-presidente às lideranças evangélicas.
Malafaia acaba de publicar um vídeo em que diz que o mensalão, o petrolão, a roubalheira na refinaria de Pasadena e outros desvios “escondidos”, além do “estelionato eleitoral”, não são culpa do diabo, e sim do PT. O líder da Assembleia de Deus diz que só a mentira vem do demônio, pede que Lula “pare de mentir” e assuma que “sabia de toda a roubalheira do seu partido”.
Antes do “Deus abençoe a todos” final, Malafaia dá outro conselho ao ex-presidente:
- Lula, você vai entender. Você sabia que Jesus liberta da cachaça?
Por Lauro Jardim

CPI DA PETROBRAS VAI PEDIR EXUMAÇÃO DE EX-DEPUTADO. COMISSÃO RECEBEU INFORMAÇÃO DE QUE JOSÉ JANENE ESTARIA VIVO

JOSÉ JANENE, MORTO EM 2010, É APONTADO COMO MENTOR DO ESQUEMA DE CORRUPÇÃO NA PETROBRAS (FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO)
A CPI da Petrobrás na Câmara vai pedir a exumação do corpo do ex-deputado José Janene (PP-PR), por suspeita de que ele ainda está vivo. Os deputados receberam informações de que Janene estaria atualmente na América Central. A viúva do ex-deputado, Stael Fernanda Janene será convocada para prestar depoimento à CPI.
"Vai ter a exumação do corpo. Vou montar uma comissão de deputados para acompanhar a exumação, colher o DNA da família e ver se é ele mesmo que está lá sepultado", disse ao Estado o presidente da comissão, deputado Hugo Motta (PMDB-PB).
Janene morreu em 14 de setembro de 2010. Réu no processo do mensalão por suspeita de ter recebido R$ 4,1 milhões quando presidia o PP, Janene era acusado de formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. No curso da Operação Lava Jato, que investiga desvios na Petrobrás, Janene é apontado como responsável por organizar o esquema de corrupção na estatal, segundo depoimentos do doleiro Alberto Youssef, um dos personagens centrais da Lava Jato. O ex-parlamentar faria com que as cúpulas das siglas envolvidas fossem beneficiadas diretamente.
Em um dos depoimentos prestados à Justiça Federal, Youssef declarou que, por orientação de Janene, repassava valores a "agentes públicos, agentes políticos" e usava para isso um segundo doleiro, Carlos Habib Carter, dono do Posto da Torre, em Brasília, para entregar os valores. Ele disse que parte do dinheiro vinha do caixa de construtoras. O doleiro afirmou ainda que mantinha uma conta corrente conjunta com o ex-deputado, responsável pela indicação de Paulo Roberto Costa para a diretoria de Abastecimento da estatal petrolífera, em 2004.
À CPI da Petrobrás, o empresário Augusto Mendonça, da Toyo Setal, disse ter sido procurado por Janene, em tom ameaçador, para tratar do pagamento de propinas.
Já existe requerimento do deputado Altineu Côrtes (PP-RJ) para convocar a viúva. A convocação seria votada na semana passada, mas foi interrompida devido ao início da ordem do dia. (AE)

PROGRAMA POLÍTICO DO PSDB QUE VAI AO AR NESTA NOITE FAZ DE CONTA QUE NÃO SABE DA EXISTÊNCIA DE UM GOLPE COMUNISTA EM ANDAMENTO



Este vídeo acima mostra o programa do PSDB que vai ao ar nesta noite, terça-feira, dia 19 de abril, em rede de rádio e televisão dentro do espaço destinado por lei aos partidos políticos. O programa reflete a revolta do povo brasileiro contra o desgoverno do PT e está bem feito do ponto de vista técnico.

Todavia, faltou a este programa do PSDB a abordagem política e ideológica. Afinal o que originou a brutal crise que arrebentou a economia. Foi apenas a incompetência? No que concerne a isto o programa do PSDB passou ao longe e não teve coragem de tocar, ou não quis fazê-lo em virtude de seu viés também socialista, ainda que possa ser qualificado de "socialismo fabiano", como de fato é.

O PSDB teria que denunciar que o Brasil, sob o domínio do PT e de seus sócios mega empresários, está na verdade sustentando um projeto de amplitude continental dentro das diretrizes do Foro de São Paulo, a organização comunista fundada por Lula e Fidel Castro em 1990, cujo objetivo é transformar todos os países latino-americanos em repúblicas socialistas de viés cubano. A Venezuela, por exemplo, já vive essa experiência funesta e macabra, com a escassez de alimentos, a fome, o terror e uma inflação galopante. Lembrem que a inflação é uma forma de controle social. A inflação é como uma prisão sem grades.

O PSDB teria de explicar que a corrupção e a roubalheira assombrosas fazem parte do esquema do Foro de São Paulo. 

Teria de ter a coragem também de admitir que só o impeachment da Dilma e a cassação do registro partidário do PT e demais agremiações comunistas, trarão a paz social e a decência, porque a turbulência política, as ameaças, a insegurança, a imoralidade e a indecência constituem o caminho mais curto para a instalação de um regime de terror. E isto é objetivamente o plano diabólico do PT, fundador e dirigente do Foro de São Paulo.

Notem que o programa do PSDB trata o PT como se fosse um partido político normal e democrático, quando na verdade é um ajuntamento de comunistas que almejam o poder eterno.

Esta é a verdade dos fatos que não dá mais para esconder e que já está na boca do povo e foi expressada como todas as letras nas recentes manifestações gigantescas ocorridas em todo o Brasil.

O programa do PSDB torna-se insosso e incolor justamente pela ausência de todos estes aspectos que acabei de apontar.

Assista ao vídeo do PSDB para a TV. Tucanos apontam mentiras de Dilma e roubalheiras do PT desde Lula

“Nunca antes na história desse país se errou tanto e se roubou tanto em nome de uma causa.”
Isto é FHC criticando o PT no programa partidário do PSDB, a ser exibido às 19 horas desta terça-feira em rede nacional de TV. (Ufa, quantas siglas.)
Os tucanos apontam as mentiras de Dilma Rousseff sobre a situação do país e a roubalheira petista desde o governo Lula, para então mostrar que o PT quer empurrar aos brasileiros a conta do seu desgoverno corrupto e mentiroso por meio do ajuste fiscal, mas…
“Essa conta não é sua.”
Não é mesmo.
É de FHC, que insiste em posar de “Oposição a favor do Brasil”, mas se recusou a pedir o impeachment de Lula em 2005 e agora de Dilma Rousseff em 2015.
O PT já convocou seus militantes e robozinhos virtuais para fazer um tuitaço durante a exibição do programa do PSDB.
Nessas horas, por motivos distintos, a gente fica até com vontade de aderir.

Em Minas Gerais o Deputado João Leite devolveu a Medalha da Inconfidência, maior honraria concedida pelo Governo de Minas Gerais, que ele recebeu em 1997, por ter sido entregue a fundador do MST em 2015 pelo governo do PT.

ASSISTA

DILMA IMPEDE LEI ANTITERROR. MPF PRESSIONA POR LEI ANTITERRORISMO NO BRASIL ATÉ MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PEDE LEI ANTITERRORISMO NO BRASIL.

SEGUNDO AVALIAÇÃO DOS EUA, FOI DILMA QUEM IMPEDIU A LEGISLAÇÃO. FOTO: ELZA FIÚZA/ABR
Claudio Humberto
Faltando apenas 446 dias para os Jogos Olímpicos de 2016, o Brasil ainda não tem uma lei que criminaliza o terrorismo e o financiamento de terroristas. Há anos países na vanguarda desses cuidados, como Estados Unidos, fazem gestões junto ao governo Dilma, sem êxito. Esta semana, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ofícios à Presidência da República e às presidências da Câmara e do Senado alertando para a necessidade da legislação antiterror.
O Brasil aderiu há 14 anos à Convenção Internacional para Supressão do Financiamento do Terrorismo, mas jamais honrou o compromisso.
Para os EUA, em documento vazado pelo WikiLeaks, o governo Dilma reluta porque teme que o MST seja enquadrado como grupo terrorista.
Em relatório a Washington, o ex-embaixador americano em Brasília Clifford Sobel diz que a então ministra Dilma sepultou o projeto.
O órgão internacional Grupo de Ação Financeira, avisou: o Brasil está sujeito a sanções financeiras se não aprovar a lei antiterrorismo. Leia mais na Coluna Cláudio Humberto