Tributo à sabedoria do ex-deputado Salim Sedeh




A paisagem política está assim citada pelo poeta, jornalista, historiador e político  Alexandre Herculano:


Para sair um pouco do presente e lembrar à todos os nossos queridos leitores que a vida política do nosso Brasil, desfilaram homens comprometidos com o bem comum, e que, na linda trajetória de vida serviram à política com a nobre missão de servir, e  de que jamais   o indecente modelo atual  que procura a corrupção, o enriquecimento, o benefício, as imoralidades como fim, seria o resumo de suas vidas...

Lembrar de algumas figuras faz bem à saúde e a alma, , lembrar que um dia viveram com o imenso ardor, muitas vezes, a máxima intensidade de energia para converter a Educação em paraíso do mundo moderno. Assim, era o Professor Salim Sedeh, Deputado, jurista, sociólogo ( Princípios da Sociologia Geral), conhecedor da filosofia,da epistemologia, admirável gramático e soberbo orador das causas justas.

Ainda bem jovem, quando entrou para o exército ministrava suas aulas de sociologia para o militares de sua época. Aqui uma foto do nosso querido homenageado:




.



Salim Sedeh, faleceu em 1981 aos 56 anos em São Paulo, 
foi velado na Assembléia Legislativa de São Paulo, deixou 
5 filhos e netos. Seu cortejo seguiu para a cidade de 
Pirassununga para a despedidas de seus eleitores e amigos, 
e logo após sua morte, o governo de São Paulo começou 
a inaugurar as Escolas Técnicas Estaduais. Aqui, uma das
 melhores escolas da região leva seu honrado nome. 

Lógico que muitas homenagens foram feitas em jornais e 
TVs, mais há entre elas, uma muito singela que só se diz a
 um amigo quando se reconhece suas virtudes. Um de seus
 amigos deixou sobre seu corpo esta mensagem:



 " Amigo não vás ! As luzes se apagaram. As rosas do
 jardim sem cor se desfolharam. Lá longe o mar profundo
e a natureza inteira insones ficarão, velando-te, a sorrir...


Não choram como eu, vendo-te ao céus subir.

Se eu estivesse contigo, a morte prazenteira estaria conosco 
em toda a Eternidade.


Deixaste à Juventude as luzes da verdade, e a
 mocidade sem seu guia, vai chorar.

Há de curvar-se a Deus;  e a ti, reverenciar!




(Foto) do ex-deputado Salim Sedeh em seu gabinete e 
assessores,  com o indispensável vaso de rosas. 
O que mostra sempre que a Educação é cuidadosa e assenta 
grande segredo do aperfeiçoamento  da humanidade. 
Salim Sedeh, o adeus final - homenageado pelo jornalista Washington Luiz de Andrade em sua Coluna - testemunha a dedicação a generosidade do homem público e sua sábia orientação e ajuda a todos que o procuravam em seu gabinete na Assembléia Legislativa de São Paulo. Em uma página de jornal dedicada ao adeus final, o jornalista finaliza sua homenagem nos contando que para Salim Sedeh, a vida era um multiplicador de esperança.. 







- Algumas frases de Salim Sedeh:  "O crime organizado 
não pode representar a curul administrativa".




- "A aristocracia da inteligência não pode confundir-se com 
o cativeiro das almas"  ( Estamos vivendo esse momento). 



-  "A glória do feudalismo janctacioso não pode assassinar 
a opinião livre"



- "A miséria e a fome não pode ser o salário dos mais dignos"



- A fábula impiedosa não deve orientar as letras  sagradas e,
isenta de pressões, a fé deve ser livre..



Salim Sedeh recebendo o Secretário do Trabalho (SP)
 à época, Maluly Neto ( falecido em 2012)




(Foto) do ex-Governador de São Paulo, Laudo Natel e Salim Sedeh...

Veja Mais


Aqui o Governador Geraldo Alckmin participa de um evento na Escola Técnica Estadual deputado Salim Sedeh. Aqui

Um comentário:

carlos eduardo Sedeh disse...

Caro amigo, belissima homenagem ao meu querido avô, que infelizmente nos deixou muito cedo, nos privando de conviver com ele. Em nome da familia Sedeh, lhe agradeço pelo carinho. Um abraço. Carlos Eduardo.