QUARTA-FEIRA, 25 DE JUNHO DE 2014 Presidente do PP dá golpe e sai da convenção aos gritos de "vendido".

Ciro Nogueira: "vendido!"


Blog do Coronel - Coturno Noturno

Em uma votação rápida e sob protestos dos dissidentes, a ala do PP que é favorável à aliança com a presidente Dilma Rousseff aprovou uma resolução que delega à Comissão Executiva Nacional a definição sobre os rumos da sigla. O presidente do partido, senador Ciro Nogueira (PI), deixou a convenção sob gritos de "vendido" dos convencionais que pregavam a proclamação da neutralidade do partido na eleição presidencial.

Na resolução aprovada nesta quarta-feira, 25, o PP libera os diretórios estaduais para fazerem coligações independentemente da composição na esfera nacional. O PP também autoriza que os diretórios regionais apoiem qualquer candidato à Presidência da República.

Neste momento, parlamentares que pediam a neutralidade protestam no auditório Petrônio Portella, no Senado Federal, e dizem que a votação "relâmpago" não tem validade. Ciro Nogueira disse aos jornalistas que a Executiva Nacional deve se posicionar ainda hoje sobre a aliança na sucessão presidencial.(Link Estadão)

2 comentários:

mario genario araujo Araujo disse...

Rola muita coisa quando o presidente de um partido toma uma decisão assim. Ele e só êle sabe o peso que carrega no momento daquela decisão. Eu não o condenaria.

Anônimo disse...

Teria se comportado como uma prostituta nas esquinas que se vende; o troco para o PT e candidatos que o apoiem deve ser em outubro pé no traseiro. Só isso!