Roberto Jefferson diz : O povo banca a peça e o artista do PT é quem ganha o lucro da bilheteria

Roberto Jefferson diz : O povo banca a peça e o artista do PT é quem ganha o lucro da bilheteria
“O povo banca a peça e o artista do PT é quem ganha o lucro da bilheteria”, diz Roberto Jefferson. “E esses caras ainda se acham no direito de invadir o Ministério da Cultura para reivindicar mais dinheiro público. É um escândalo de gravíssimas proporções.” Assista ao comentário do presidente nacional do PTB.

2 comentários:

Sirio Schwamborn disse...

ESTAMOS VIVENDO UMA "FALSA DEMOCRACIA". OS MANDOS E DESMANDOS NOS TRÊS PODERES LEGISLATIVO, EXECUTIVO, JUDICIÁRIO, É PROVA VERGONHOSA DE QUE ESTÃO TRATANDO DE INTERESSES PESSOAIS E PARTIDÁRIOS SOB A COBERTURA SISTEMATIZADA DA CORRUPÇÃO.

Saber que temos "uma falsa democracia" não é suficiente para a maioria da sociedade Brasileira.

Vejam meus motivos. A partir dos últimos fatos.

a)LULA: NÃO HÁ SOLUÇÃO "FORA" DA DEMOCRACIA. Mentira demagoga com base no FORO DE SÃO PAULO ( LULA, PT + Partidos Comunistas de toda a America Latina ) e no PACTO DE PRINCETON (LULA, PT) + ( FHC, PSDB ) com a tática "A Política das Tesouras"

b)Maio de 2016 : “Não há esperança popular no governo de Temer" - "Temer 'não tem legitimidade para conduzir o País'.. Joaquim Barbosa " - PT, Movimentos Sociais e Forças Sindicais farão oposição ferrenha.

c) A corrupção será combatida de acordo com os interêsses "Fabianos" Fernando Henrique Cardoso contra interêsses "Comunistas" Lula inácio da Silva , um contra o outro, pela disputa do poder..... O Brasil que se dane ! A sociedade proba e a iniciativa privada que pague a conta. Plano de ambos: Acabar com o presidencialismo e implantar o parlamentarismo Socialista, para depois impor o Comunismo.

DISCORDO PLENAMENTE DO SR EX-PRESIDENTE LULA: Reafirmo : Não há solução para o Brasil "DENTRO" da democracia socialista do foro de são Paulo.

A cobertura da grande imprensa sobre os recentes casos de corrupção centra sempre seu foco nos administradores públicos, como se a questão fosse apenas ética, de pessoas sem caráter ou de mau caráter, que se aproveitam dos postos em que estão para roubar. Esquece-se que para haver corruptos é preciso que haja corruptores, tão ou mais criminosos que os primeiros.

Mas ficar no plano ético ou moral não resolve a questão, considerada endêmica no Brasil. Ela está presente em todos os níveis de governo; portanto, com seus funcionários públicos corruptos e com empresas corruptoras.

Se ela é tão generalizada e parte de empresas que operam em todos os níveis de governo, pode-se então dizer que a corrupção é uma forma de ação das empresas para auferir vantagens ilegais na relação com os poderes públicos. E isso envolve os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário

No Brasil é preciso combinar ações de prevenção e de repressão à corrupção. Os corruptos, independente da área que forem, não podem sentir que há um ambiente favorável à impunidade ( foro especial por prerrogativa de função - conhecido coloquialmente como foro privilegiado) e, por outro lado, deve-se desenvolver nas pessoas uma cultura ética de intolerância à corrupção. É preciso acabar com a impunidade, tratando o corrupto como um criminoso comum, que se apropriou de bens públicos. Nenhuma pessoa deveria estar acima da lei.

Exigir e adotar uma postura ética, no entanto, não deve se restringir apenas ao âmbito político ou empresarial. É preciso que toda pessoa assuma essa postura no dia-a-dia e procure agir de maneira ética nas situações que pareçam menos relevantes. O momento atual apolítica Brasileira, ( Os três poderes, igualados a casa da Mãe Joana pelos atos e "desatos" legalmente impunes pelo "Foro Privilegiado", e pela prática idiscriminada da corrupção ), é uma oportunidade para refletir sobre o assunto e reafirmar o compromisso de acabar com a cultura da corrupção e criar uma cultura de ética e integridade em todos os setores da sociedade.

Lamentamos a omissão dos comandantes das forças armadas. Mas o povo ainda tem esperança na formação, integridade, lealdade e patriotismo, dos Militares Brasileiros ( de que não sejam também corruptos e covardes ) para botar ordem na Casa da Mãe Joana. Por esta razão nós exclamamos por uma "INTERVENÇÃO MILITAR " SE MICHEL TEMER FOR IMPEDIDO DE GOVERNAR ( por qualquer motivo ) OU FALHAR NAS SUAS AÇÕES.

Sirio Schwamborn disse...

ESTAMOS VIVENDO UMA "FALSA DEMOCRACIA". OS MANDOS E DESMANDOS NOS TRÊS PODERES LEGISLATIVO, EXECUTIVO, JUDICIÁRIO, PROVA VERGONHOSA DE QUE ESTÃO TRATANDO DE INTERESSES PESSOAIS E PARTIDÁRIOS SOB A COBERTURA SISTEMATIZADA DA CORRUPÇÃO.

Saber que temos "uma falsa democracia" não é suficiente para a maioria da sociedade Brasileira.

Vejam meus motivos. A partir dos últimos fatos.

a)LULA: NÃO HÁ SOLUÇÃO "FORA" DA DEMOCRACIA. Mentira demagoga com base no FORO DE SÃO PAULO ( LULA, PT + Partidos Comunistas de toda a America Latina ) e no PACTO DE PRINCETON (LULA, PT) + ( FHC, PSDB ) com a tática "A Política das Tesouras"

b)Maio de 2016 : “Não há esperança popular no governo de Temer" - "Temer 'não tem legitimidade para conduzir o País'.. Joaquim Barbosa " - PT, Movimentos Sociais e Forças Sindicais farão oposição ferrenha.

c) A corrupção será combatida de acordo com os interêsses "Fabianos" Fernando Henrique Cardoso contra interêsses "Comunistas" Lula inácio da Silva , um contra o outro, pela disputa do poder..... O Brasil que se dane ! A sociedade proba e a iniciativa privada que pague a conta. Plano de ambos: Acabar com o presidencialismo e implantar o parlamentarismo Socialista, para depois impor o Comunismo.

DISCORDO PLENAMENTE DO SR EX-PRESIDENTE LULA: Reafirmo : Não há solução para o Brasil "DENTRO" da democracia socialista do foro de são Paulo.

A cobertura da grande imprensa sobre os recentes casos de corrupção centra sempre seu foco nos administradores públicos, como se a questão fosse apenas ética, de pessoas sem caráter ou de mau caráter, que se aproveitam dos postos em que estão para roubar. Esquece-se que para haver corruptos é preciso que haja corruptores, tão ou mais criminosos que os primeiros.

Mas ficar no plano ético ou moral não resolve a questão, considerada endêmica no Brasil. Ela está presente em todos os níveis de governo; portanto, com seus funcionários públicos corruptos e com empresas corruptoras.

Se ela é tão generalizada e parte de empresas que operam em todos os níveis de governo, pode-se então dizer que a corrupção é uma forma de ação das empresas para auferir vantagens ilegais na relação com os poderes públicos. E isso envolve os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário

No Brasil é preciso combinar ações de prevenção e de repressão à corrupção. Os corruptos, independente da área que forem, não podem sentir que há um ambiente favorável à impunidade ( foro especial por prerrogativa de função - conhecido coloquialmente como foro privilegiado) e, por outro lado, deve-se desenvolver nas pessoas uma cultura ética de intolerância à corrupção. É preciso acabar com a impunidade, tratando o corrupto como um criminoso comum, que se apropriou de bens públicos. Nenhuma pessoa deveria estar acima da lei.

Exigir e adotar uma postura ética, no entanto, não deve se restringir apenas ao âmbito político ou empresarial. É preciso que toda pessoa assuma essa postura no dia-a-dia e procure agir de maneira ética nas situações que pareçam menos relevantes. O momento atual apolítica Brasileira, ( Os três poderes, igualados a casa da Mãe Joana pelos atos e "desatos" legalmente impunes pelo "Foro Privilegiado", e pela prática idiscriminada da corrupção ), é uma oportunidade para refletir sobre o assunto e reafirmar o compromisso de acabar com a cultura da corrupção e criar uma cultura de ética e integridade em todos os setores da sociedade.

Lamentamos a omissão dos comandantes das forças armadas. Mas o povo ainda tem esperança na formação, integridade, lealdade e patriotismo, dos Militares Brasileiros ( de que não sejam também corruptos e covardes ) para botar ordem na Casa da Mãe Joana. Por esta razão nós exclamamos por uma "INTERVENÇÃO MILITAR " SE MICHEL TEMER FOR IMPEDIDO DE GOVERNAR ( por qualquer motivo ) OU FALHAR NAS SUAS AÇÕES.