Temer vence 1ª batalha e Congresso aprova meta fiscal. Após mais de 16 horas de sessão e dura obstrução de aliados de Dilma, autorização para que o país encerre o ano com um rombo de 170,5 bilhões de reais foi aprovada


Plenário da Câmara dos Deputados durante sessão conjunta do Congresso Nacional destinada à apreciação de 24 vetos, 2 projetos de resolução e do PL (CN) 1/2016, que altera a meta fiscal - 24/05/2016
Plenário da Câmara dos Deputados durante sessão conjunta do Congresso Nacional destinada à apreciação de 24 vetos, 2 projetos de resolução e do PL (CN) 1/2016, que altera a meta fiscal - 24/05/2016(Moreira Mariz/Ag. Senado)
Marcella Mattos, de Brasília
No primeiro teste de fogo com o Congresso, o presidente interino, Michel Temer, conseguiu emplacar na madrugada desta quarta-feira a aprovação de medida considerada essencial para evitar que seu governo fique paralisado: a autorização para que o país encerre o ano com um rombo de 170,5 bilhões de reais - o maior da história. A revisão da meta fiscal foi aprovada em votação simbólica em meio a bate-bocas e dura obstrução de aliados da presidente afastada Dilma Rousseff.
A sessão se arrastou por mais de 16 horas, boa parte motivada pela votação de 24 vetos presidenciais, e evidenciou a dificuldade que o peemedebista vai encontrar no Congresso diante da oposição do PT e dos demais partidos que estão em sua órbita. Ainda assim, parlamentares da base de Temer comemoraram o resultado por conseguirem manter o quórum alto para a votação mesmo durante a madrugada e superarem as manobras regimentais articuladas pelos oposicionistas. "Hoje foi um dia que demonstramos nossa força", comemorou o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), irmão do Secretário de Governo da Presidência, Geddel Vieira Lima.
Também foi determinante para o sucesso da sessão a condução do presidente Renan Calheiros (PMDB-AL), que acionou um rolo compressor para encurtar a sessão: levou à votação a rejeição, em bloco, da série de requerimentos protelatórios, diminuiu o tempo de discursos e conclamou ao longo de todo o dia os parlamentares a comparecerem ao plenário. Continue a leitura aqui

Um comentário:

Sirio Schwamborn disse...

PONTO DE VISTA ! Estamos vivendo uma DITADURA SOCIALISTA CORRUPTA, envolvendo Todos os Partidos através de políticos mercenários e imorais. Enganando o povo, desmoralizando e enfraquecendo o patriotismo liberal das forças armadas. Há 34 anos, artimanhas e pactos firmados, atuam no Brasil sem o conhecimento do povo probo. Tem saída ? A não ser pagar a conta ? A JUVENTUDE COM MENOS DE 34 ANOS ESTÁ MANIPULADA E EDUCADA PARA O SOCIALISMO!
- Pelo Socialismo Fabiano com a figura de Fernando Henrique Cardoso na liderança a partir da elite da sociedade Brasileira.
- Pelo Socialismo Comunista com a figura de Luiz Inácio Lula da Silva na liderança a partir das classes sociais pobres e menos favorecidas.
34 anos já se passaram e a população, mesmo sem ter credibilidade nos políticos, se omitiram e permaneceram omissos.
A Corrupção dominou em ambas práticas de implantar o socialismo.
O que presenciamos hoje é uma falsa democracia disputada através da corrupção por pessoas e partidos para se manterem no Poder. Com as Forças Armadas sufocadas ( presenciando tudo isto sem patriotismo ) O Brasil, a população proba, a industria e o comércio privado que se dane. Estamos no mesmo caminho da Venezuela, mais rápido que esperávamos.
Vejam meus argumentos !
-1982 - O DIÁLOGO INTERAMERICANO Sr. FHC assumiu a co-presidência do Diálogo Interamericano - Tudo isto dentro do receituário neoliberal, preconizando o fortalecimento das entidades de direitos humanos, O ENFRAQUECIMENTO DAS FORÇAS ARMADAS, a necessidade de garantir o pagamento das dívidas externas e privatização de empresas estatais para abater dívidas e a questão das drogas, em especial no que afeta ao Poder Nacional dos EUA.
-1990 FORO DE SÃO PAULO (FSP) é uma conferência de partidos políticos de esquerda criada em 1990 a partir de um seminário internacional promovido pelo Partido dos Trabalhadores do Brasil, que convidaram outros partidos e organizações de esquerda da América Latina e do Caribe para discutir alternativas às políticas neoliberais dominantes na região durante a década de 1990 e promover a integração latino-americana no âmbito econômico, político e cultural.
- 1993 O PACTO DE PRINCETON, O DIÁLOGO INTERAMERICANO E A ESTRATÉGIA DAS TESOURAS: DESDE ENTÃO, PT E PSDB ( LULA E FHC ) NO CONTROLE DO BRASIL.
- Limitação das soberanias nacionais;
– Separatismo étnico;
– Fortalecimento do poder de ONGs e Movimentos Sociais;
– Desmilitarização e enfraquecimento das forças armadas;
– Legalização das drogas;
– Uma política econômica que favoreça as esquerdas; e
– Apoio a ditadura de Cuba
Exigir e adotar uma postura ética, no entanto, não deve se restringir apenas ao âmbito político ou empresarial. É preciso que toda pessoa assuma essa postura no dia-a-dia e procure agir de maneira ética nas situações que pareçam menos relevantes. O momento atual da política Brasileira, ( Os três poderes, igualados a casa da Mãe Joana pelos atos e "desatos" legalmente impunes pelo "Foro Privilegiado", e pela prática indiscriminada da corrupção ), é uma oportunidade para refletir sobre o assunto e reafirmar o compromisso de acabar com a cultura da corrupção e criar uma cultura de ética e integridade em todos os setores da sociedade.
Lamentamos a omissão dos comandantes das forças armadas ( que há 34 anos conhecem e acompanham estes fatos ). Mas o povo ainda tem esperança na formação, integridade, lealdade e patriotismo, dos Militares Brasileiros ( de que não sejam também corruptos e covardes ) para botar ordem na Casa da Mãe Joana. Por esta razão nós exclamamos por uma "INTERVENÇÃO MILITAR " SE MICHEL TEMER FOR IMPEDIDO DE GOVERNAR ( por qualquer motivo legal ou não ) OU FALHAR NAS SUAS AÇÕES.