Com medo, Exército proíbe palestra de general

O general Augusto Heleno foi proibido de fazer palestra, nesta quinta-feira, no Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército, em Brasília, que chefia, sobre “A Contrarrevolução que salvou o Brasil”. Ele recebeu ordem do comandante do Exército, Enzo Peri. Para oficiais, Peri tinha medo da repercussão. Heleno, ao contrario, tem coragem: comandante Militar da Amazônia, batizou de “caótica” a política indigenista de Lula. O Planalto informou que não comentará o assunto. Claudio Humberto

4 Comentários:

Anônimo disse...

Agora tem até general PELEGO? Safado, deveria ser exonerado do cargo! Esse Enzo é um bunda-mole, não poderia estar a frente das fileiras do EB!!

Anônimo disse...

Que absurdo!

Anônimo disse...

general heleno, acho que é a hora dos verdadeiros militares não mais atender ordens de general pelego, que deixando o brasil o maldito comunismo. é preciso reeditar 31/03/64, agora fazendo a obra completa, começando a anular a anistia desses banditos terroristas que estão no poder. cadeia nêles.

jose americo montagnoli disse...

" Não entendo o que leva pessoas a fazer comentarios como anônimo.
Será assim que se quer mudar alguma coisa?"
Jose americo montagnoli

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO