Comissão da Verdade: Ustra diz que Dilma atuou em grupos terroristas

Coronel Ustra nega torturas e diz que Dilma fez parte de organização terrorista




Foto: Wilson Dias / Agência BrasilO coronel Ustra afirmou que lutou contra o comunismo


Em depoimento à Comissão Nacional da Verdade, o coronel reformado Carlos Alberto Brilhante Ustra, que comandou o Destacamento de Operações de Informações-Centro de Operações de Defesa Interna do 2º Exército em São Paulo (DOI-Codi/SP) entre 1970 e 1974, negou a acusação do Ministério Público Federal de ocultação de cadáver.
— Agi com a consciência tranquila. Nunca ocultei cadáver. Sempre agi dentro da lei — disse.
O coronel compareceu nesta sexta-feira à Comissão e, apesar de decisão judicial que lhe garantia o direito de não se pronunciar durante o depoimento, falou e negou também que tenha cometido assassinato, tortura e sequestro. O ex-comandante afirmou ainda que nenhuma tortura foi cometida dentro das instalações do órgão de repressão do governo militar.
Ele também qualificou seu trabalho como antiterrorismo e citou a presidente Dilma Rousseff:
— Lutamos contra o terrorismo. Eles atacavam quartéis, roubavam armas, incendiavam rádio-patrulhas e explodiram dezenas de bombas. Enfrentei várias organizações de esquerda, entre elas quatro nas quais a atual presidente da República atuou.
O coronel afirmou que combateu "o comunismo" representado pelas organizações anti-ditadura da época e classificou como positivo o seu trabalho, que teria ajudado a preservar a ordem democrática.
— Se não fosse a nossa luta, hoje eu não estaria aqui porque eu já teria ido para o paredão. Hoje não existiria democracia nesse país _ disse.
Além do coronel Ustra, também fala à Comissão o ex-sargento Marival Chaves, que atuou na mesma instituição e já prestou dois depoimentos espontâneos à CNV. Marival Chaves e Carlos Ustra estão sendo ouvidos dentro da linha de pesquisa dos grupos de trabalho sobre as Graves Violações de Direitos Humanos cometidas por agentes do Estado ou pessoas a seu serviço entre 1946 e 1988.

2 comentários:

Flavio Souza disse...

Ustra só deixou de falar o mais importante, o golpe militar fracassou, pois manteve na elite e em todos os jornais da época, toda a esquerda comunista que hoje nos governa. Falhou tmb na área cultural, eles só combateram guerrilhas, ora meu Deus, todos sabemos que guerrilha só tem fins políticos, ninguém faz guerrilha pretendendo vencer uma guerra, eles venceram um bando de revolucionários que qualquer força policial hoje de elite daria conta, alías, hoje a guerrilha urbana está muito pior que na época, mata muito mais que na época e ainda tem a proteção do governo, afinal tantos assasinatos e o salto monstruoso na criminalidade junto com a subida do PT no poder não pode ser tratado como coincidência né?

Sobre a dilma ele falou o óbvio, ela era uma comunista ativa, assaltou e possivelmente teve participação em assassinatos, e hoje ela posa de santa de pau oco justiçeira e moralista, muita gente sabe disso, o povo em geral finge que não vê e outros não acreditam pq acham que isso é intriga da oposição, os pseudo intelectuais que estudaram o assunto e os vivos hoje da época, sabem as origens da dilma, sabem quem ela é, e em um ato covarde se omitem vergonhosamente com medo de um tigre de papel. Eles sabem que o PT e toda curriola está ligada fortemente ao narcotráfico e ditadores sanguinários e temem por suas vidas, colaborando então com ocultação de fatos.

Ustra deixou de falar o mais importante, que o golpe falhou pois ao invés de expulsar os comunistas do país, deu-lhes mais poder e vitória no campo político e hoje o país esta essa merda que ninguém quer enxergar.

Povo brasileiro, isso estou incluindo forças armadas, é de longe o povo mais covarde do mundo, e tem gente que achava que o título de mais burro era o suficiente, esse povo não se cansa de bater recordes, querem ser os mais desgraçados da terra mesmo. Todos queremos ver o circo pegar fogo e interiormente precisam de alguém forte para escravizá-los, pois está ai, mentalmente já estão todos e logo logo estarão fisicamente.
A nós os corajosos que sobraram, como os colunistas deste blog e outros espalhados pela net, vamos ser perseguidos e marginalizados e nossa coragem vai ser testada a ferro e fogo, seremos a última barreira oposicionista e como somos poucos, se Deus não fazer milagres para nos proteger seremos completamente esmagados.
Nosso país está condenado completamente, pois as forças armadas já jogaram a toalha e se entregaram ao inimigo. Imagine Ustras, o que dilma deve estar rindo da sua cara agora, vendo vc sentado em um banco de uma comissão como se fosse um criminoso sendo acusado de torturas e ela lá sentada na cadeira mais alta do país desfrutando da vitória comunista sobre vcs, nada como o tempo para que os papeís se invertam né? Forças armadas brasileiras é uma vergonha e se nunca tivessem existido talvez nosso país fosse diferente, vcs colaboraram incocientemente com o comunismo a partir de 65, pq trataram do problema como pequenos focos de incêndio, não notaram que do lado de fora do celeiro os comunas estavam com galões e gazolina esperando vcs todos entrarem para tacar fogo e lhes enviar para o inferno, agoram sofram nas chamas da vergonha, na história todos vão lembrar de vcs como burros e covardes, se um dia o país se endireitar e a verdade for restabelecida, o que vai ser ensinado nas escolas é o fracasso e a falta de patriotismo e de honra de vcs, e será feito um manual mostrando o que não deve ser feito com seus exemplos, pelo menos para isto vcs servirão, se é que este futuro hipotético um dia acontecerá, pq esta geração já era, daki algumas gerações talvez aja um levante e uma libertação, mais isso já é especulação otimista.

Renan disse...

O CORONEL USTRA SOLTOU OS CARROCHOS E FALOU A VERDADE QUE SABÍAMOS DE DILMA!
QUE FEZ ELA? NADA QUIS COMENTAR A RESPEITO...
Pois é, quem cala consente e as acusações nesse sentido contra ela são muitas, inclusive dele que são terroristas que queriam implantar à força uma ditadura comunista no Brasil; estavam em guerra aberta, e mortos e injustiças cometem-se dos 2 lados e os comunistas do PT querem se passar por "inocentes, vítimazinhas da ditadura militar", mas quando assumem o poder praticam uma ditadura muito mais repressiva: Fidel Castro e Kim Jong Um são o retrato fiel de seus ideais "democráticos", palavra que apreciam citar a todo tempo.
Democracia desse deste tipo só se for a do diabo que são em pessoa por terem ODIO A DEUS e à religião, especialmente a católica!
100% de absoluto acerto do Cel Ustra!
Como pode alguém se dizer católico e votar em quem odeia explicitamente a fé cristã? Pior que há muitos sacerdotes e religiosos supostamente católicos que os apoia querendo se passarem como fieis à Igreja, como a bem desmascarada recentemente Teologia da Libertação, um das ramificações comunistas de fachada religiosa.
Assim sendo, a COMISSÃO DA VERDADE = COMISSÃO DE DEFESA DE TERRORISTAS COMUNISTAS DO PT, SEJA QUEM FOR, SENDO COMUNISTA TÁ SALVO, pouco importa que sejam assassinos ou bandidos da pior espécie; bandidos entre si se entendem - como Cesare Battisti, pouco importa.
É bom notar apesar dessa e tantas outras evidencias que quem apoia ou vota no PT compartilha de toda a bandidagem que praticam e que descubram antes que quem os elegem elege justamente o diabo para os governar e, que para conseguirem manterem-se no poder, "TODOS OS MEIOS JUSTIFICAM OS FINS", pouco importa o que suceda e que são extremamente truculentos e intolerantes com quem não os aceite, além de serem do naipe das ideologias dos nazistas e fascistas que são fortemente opressores, materialistas e ateus!
Votou no PT? Compartilha doravante do ODIO A DEUS, do incremento da violência do PCC junior contra a menoridade aos 16 anos e de todas as corrupções!
É desses católicos que o diabo mais gosta e necessita, pois são a matéria prima pra infernizar uma nação!