Capriles diz ter provas que justificam impugnação da eleição na Venezuela



O candidato derrotado nas eleições da Venezuela, Henrique Capriles (foto abaixo), detalhou algumas das denúncias que estão presentes no pedido de impugnação das eleições de 14 de abril. Em entrevista à imprensa no começo da noite de hoje (2), ele disse que há "provas suficientes" de que o resultado foi alterado.
"Nós temos conhecimento de que foram registrados quase 200 mil votos de pessoas que já morreram e mais de 21 mil votos de pessoas com o mesmo nome", declarou Capriles, mencionando que as provas sobre as denúncias estão no pedido apresentado hoje.

2 comentários:

Flavio Souza disse...

Alguém tem que avisar para o Capriles que essa gente não aceita provas, argumento ou qualquer opinião contrária, não se pode derrotar comunistas, só se pode destruí-los.
Esse entrave já passou do ridículo, um lado só bate e intimida enquanto o outro só tenta argumentar.
Argumentos não funcionam, provas não garantem nada, só o que funciona é responder na mesma altura, nem isso, em uma altura maior, pq na mesma altura deixa a guerra imprevisível, a resposta tem que ser com mais força para garantir a vitória.
Lá na Venezuela diferententemente com o que ocorre no Brasil, ainda existe uma oposição conservadora organizada, só não estão entendendo direito a problema que eles estão enfrentando, a solução é só uma, destruir todos os comunistas, pq enquanto houver 1 que seja, não haverá paz.

Vc pode achar que isso é uma solução radical e que eu prego mortes e golpe de estado, antes de achar isso entenda que as mesmas acusações são feitas para os comunistas, eles começaram com as mortes e com o golpe de estado, pq seria errado reagir da mesma forma?
Como vc pode convencer um inimigo que não quer ser convencido e não aceita argumento ou prova seja ela qual for? Na democracia as pessoas discordam mas, todos humildemente acatam a decisão da maioria.
Para essa gente não é assim que funciona, a opinião deles é lei, mesmo que isso mate inocentes e seja moralmente errado, mesmo que pise nas leis do país eles não ligam, pq eles são revolucionários, tudo o que eles fazem é justificado por um futuro melhor que nunca chega, enquanto o presente se torna um inferno comunista eles continuam alegando um futuro melhor que vai sempre para frente igual a cenoura na frente do burro.

Essa gente não pode ser persuadida, só pode ser destruída entendeu o General vendido das forças armadas? No velho testamento tem inúmeros exemplos das guerras dos filhos de Israel contra seus inimigos, alguns eram conquistados e mandados embora, outros tinham que ser destruídos pq se ficasse um vivo, no passar dos anos ele voltaria com outro exército para tentar destruir os filhos de Deus. O profeta que ouvia a Deus dava as ordens para destruir até os animais de tal povo, pq não tinha mais meios de persuadí-los de forma amigável, seu ódio e sua loucura era tão grande que Deus em sua infinita sabedoria e pelo bem de seus filhos mandava aniquilar a todos.

Outro grande exemplo é o próprio diabo, nem Deus conseguiu convencê-lo do seu mau caminho, acredito que Ele deve ter muito tentado, pois Deus é paciente para com todos, como o diabo enlouqueceu e não queria mais saber de ouvir a não ser destruir Nosso Pai não teve escolha a não ser baní-lo do céu!

Capriles tem que pegar a sua militância conservadora e retirar aquela gente do poder a tapa, esse é o único meio, do jeito que ele está tentando vai resultar em nada, pelo contrário, quanto mais ele demora mais força essa gente acumula, de forma que nem uma revolta armada dará mais resultado.

Anônimo disse...

Tudo isto acontece por causa das malditas urnas eletrônicas.
Percebam que a Dilmão não está nem aí, pois a acéfala corrupta sabe que sua reeleição já está garantida.

Ou ficar a Pátria livre
Ou morrer pelo Brasil!