O caso das três garotas americanas que ficaram em poder dos sequestradores por mais de dez anos deveria ensinar ao Brasil que a aplicação de penas não existe somente para tentar recuperar criminosos.

2 comentários:

Anônimo disse...

O Brasil está tão desmoralizado que o maior corrupto da história deste país age como se ainda fosse o presidente da República, quando na verdade deveria estar mofando dentro de uma penitenciária de segurança máxima por no mínimo 50 anos.

Flavio Souza disse...

Nosso país não pune o bandido, pune a vítima, a sociedade é tida como responsável pelos crimes pessoais de alguém. Este conceito foi vendido e aceito pela maioria e não é de se surpreender que hoje se afaga bandido e lhe protege com mil direitos enquanto a vítima só tem um direito, o de morrer nas mãos dele.

A origem disso é nas escolas, lá ensinam para as crianças que os maiores problemas da sociedade é a desigualdade e a religião, nossas crianças aprendem que os problemas do mundo e as guerras tem como causa crenças religiosas e uma sociedade intolerante. Desta forma trasformaram o bandido, sujeito que existe desde o incío dos tempos e era tratado como tal, em uma vítima e a verdadeira vítima em bandido.

Isso não é algo que foi feito sem querer ou um erro de cálculo, isso foi de propósito e está tendo um sucesso tremendo no Brasil. Aqui é o paraízo dos bandidos, todos se sentem seguros para prosperarem e sob a proteção do estado não temem nada, contam até com a inércia de uma população desarmada e covarde, somos todos vítimas em uma fila esperando pela nossa vez de pagar por nossos crimes da sociedade, bandidos viraram justiceiros e nós viramos criminosos pois a sociedade é culpada por tudo que eles fazem.

Os bandidos nos governam, eles verceram a guerra, oque vemos ai é simplesmente a partilha da vitória, como todo derrotado não podemos impedir que eles nos roubem, nos matem, estrupem nossas mulheres e crianças e coloquem fogo nas aldeias(aluzão aos bandidos qu explodem agências bancárias e estabelicimentos comerciais com caixa eletrônico), estamos vivendo em uma era medieval com o agravante de não ter um Rei justo que os persiga, nem os bandidos medievais sonhavam com uma situação dessa, tenho certeza que eles dariam tudo para viverem uma época como esta.

Já tive discussões conra pessoas letradas e provei que eles estão errados, por exemplo: Religião não é a causa dos problemas da sociedade, pelo contrário, ela na maioria dos casos é responsável por eles não serem agravados, recuperando pessoas e tirando muitos da marginalidade, e as guerras que afirmam ser culpa dos religiosos eu demostro com documentos e fatos que estas guerras foram cuasados justamente por aqueles que perseguem religiosos, agora se defender de agressões é ser bandido? Que conceito errôneo é este? Quase a totalidade das guerras acontecera por uma simples reação ás inúmeras perseguições que os religiosos sofrem, como está ocorrendo agora em nosso país, estamos sendo perseguidos, difamados e encurralados de toda forma, se reagirmos somos violentos, se não reagirmos somos do mesmo jeito facistas.

Sociedade desigual nunca provocou guerra ou aumento de criminalidade, o pobre não faz guerra nem faz revolução, ele não tem dinheiro para isso ele está preocupado em sobreviver, quem faz guerra e revolução é rico, pois tem dinheiro e meios para tal. Não existe desculpa que transforme alguém em criminoso por ser pobre, ser bandido não tem nada a ver com condição social, tema ver com o caráter da pessoa, não vemos ai tantos e tantos ricos metidos em crimes hediondos? Os maiores bandidos não são os ricos que nos governam? Então gente temos que parar de vender essa idéia que criminoso nasce sem escolha, que é empurrado por uma sociedade desigual e rouba e mata pq é pobre, isso nao condiz com a realidade e distorçe tudo, enquato isso não mudar esses bandidos jamais seão punidos e serão sempre protegidos.